“Lace Up, Save Lives!”




 

Decorreu segunda-feira em Londres, na presença de Bono Vox, vocalista dos U2, de Didier Drogba, futebolista do Chelsea FC, e de Mark Parker, CEO da Nike o lançamento mundial da iniciativa RED.

A RED é um modelo de apoio ao combate ao VIH/sida em África que, para além de alertar as pessoas para o tema, tem como objectivo gerar fundos, através da venda de produtos ou edições especiais dos mesmos (todos de marcas que são ícones), mas com uma particularidade... a cor vermelha.

A Nike, uma das principais parceiras deste projecto, vai colocar à venda atacadores vermelhos, que cada pessoa pode usar no calçado que quiser e como quiser, sob o lema “Lace Up. Save Lives” (em tradução livre: Aperta estes atacadores. Salva Vidas). A totalidade dos lucros obtidos com a venda destes atacadores vai contribuir para comprar medicamentos e promover programas comunitários de educação apoiados pela Nike, em países africanos.

Os assets Nike vão usar os vermelhos durante o Mundial 2010, uma vez que este campeonato, por se realizar em África, vai ser o palco ideal para divulgar a mensagem e influenciar a mudança de atitude para com a prevenção e combate ao VIH/Sida.

Os atacadores estão disponíveis, desde ontem (Dia Mundial da Sida), nas lojas Nike e também através do site da marca.

Aperta os teus atacadores e salva uma vida!


Gonçalo Santos

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 10:15