Fujam! Vem aí o Pai Natal

O médico Nathan Grills, da Universidade australiana Monash, acredita que a imagem do Pai Natal promove a obesidade, a condução de veículos sob efeito de álcool e em alta velocidade e, de modo geral, um estilo de vida pouco saudável.

A pesquisa, feita em grande medida a título de brincadeira, mas com a intenção de consciencializar o público sobre a saúde, foi publicada na edição de Natal do British Medical Journal.

 

O estudo afirma ainda que o Pai Natal é um foco real de doenças infecto-contagiosas, já que, se  tossir ou espirrar, todas as crianças que se sentam no seu colo podem acabar por ganhar, não só um presente de Natal, mas também uma gripe.

 

De velhinho simpático, bonacheirão e de barbas brancas a pária alcóolico e ameaça à saúde pública... efectivamente, a tradição já não é o que era.

 

 Sandra Silva 

 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:26