A derrota de Pandora




 

Estado de Guerra destronou o grande Avatar como melhor filme, nesta edição dos Óscares. Kat Bigelow, a realizadora, ex-mulher do realizador de Avatar, torna-se na primeira americana a ganhar alguma coisa com a Guerra do Iraque.

 
 

Francisco Reis

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:14