Passo o dia a fazer turismo... e o boss sabe

Passo o dia a fazer turismo. É essa a minha função. Folha a folha, notícia a notícia, percorro o país de lés-a-lés e descubro um Portugal maior.


Com Lisboa faço negócios, convido o Brasil, viajo pela Europa em mostras e exposições e tenho, ainda, tempo para saborear o Peixe.


No Estoril vou até à praia, apanho ondas e faço surf; dou umas tacadas; vou à feira; e ainda consigo estar na Moda. Afinal, os Supreme Events são comigo…não perco um (e é mesmo melhor não perder!).


Nos bons dias desço ainda ao sul do país e, em Portimão, vejo com que gosto são retratadas as mulheres.


É verdade que passo por lugares mesmo comuns, mas posso ainda viajar para Oriente e descobrir um mundo exótico que afinal mora ao lado do Tejo. Holi, Hanami, Hanamatsuri, Shakti…são palavras estranhas que o DN, JN, Meia Hora, Metro ou Público me explicam todos os dias…a mim e aos muitos mais que os lêem.


Ao longo do dia consigo também passar pelo SPA…Vila Sol ou Villa Termal…Vilamoura ou Monchique. Qualquer opção é boa… e recomendada na “folha a folha” e “notícia a notícia” que leio.


Mais ainda não acaba aqui… Daqui a uns dias talvez vá até ao Allgarve ou visite o Festival dos Oceanos para ficar a saber o que os astros me reservam.


Passo o dia a fazer turismo… porque há quem passe o dia a desenhar, a cultivar e a plantar as palavras, as ideias e os conceitos que os meios me hão-de dar para fazer.


E tudo isto resumido nos meus ALERTAs! ;-)
  
 

Raquel Isidro

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 11:07