Um bom exemplo

Que a forma de comunicar e, por consequência, a forma de informar estão a mudar ninguém duvida. O que muitas vezes se discute é o pleno aproveitamento dos social media, em particular por parte dos tradicionais emissores de notícias: televisão, rádio e imprensa. Para ler aqui, o elogio do especialista  Paulo Querido ao Dossiê Eleições do jornal Público, um bom exemplo de como se pode inovar no jornalismo, retirando todos os benefícios do on line e acompanhar os media tradicionais, mas também as novas fontes de informação. Blogosfera, twitter, facebook são plataformas que já ninguém pode descurar ou relegar para segundo plano quando se fala em comunicação/informação e se pretende acompanhar tendências. O que ganha força redobrada no acompanhamento de uma campanha eleitoral.  E nem o público foi esquecido, reforçando a ideia de que a informação do futuro é forte, imagética, concisa, em constante actualização, mas, acima de tudo, interactiva.

  


Sandra Silva

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 18:34