Dr. Twitter

Numa altura em que o mundo 2.0 ganha cada vez mais destaque, não são só as marcas que estão a aproveitar as suas potencialidades. A Economist publica esta semana um artigo sobre medicina digital, lançando o debate sobre a relação entre os cuidados de saúde e a tecnologia. Um diagnóstico médico através do Twitter ainda nos parece algo apenas anedótico, mas a verdade é que os pacientes estão cada vez mais a procurar informação na Internet sobre as patologias, a trocar experiências e a procurar apoio emocional junto dos que passam pela mesma situação. Também os médicos acreditam que esta medicina interactiva e digital se vai desenvolver nos próximos tempos.


Teresa Nunes

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 19:47