É com certeza uma guitarra portuguesa!



 

Os portugueses foram desafiados pela Super Bock a deixar a sua “marca em Lisboa” com uma guitarra original. O resultado está visível nos Restauradores, Rossio, Largo Vitorino Damásio, Saldanha e Marquês de Pombal, até ao final de Outubro.

 

Após a exibição como arte pública, as guitarras portuguesa e clássica vão ser entregues ao Museu do Fado e as outras três, réplicas das guitarras utilizadas por Tim, Zé Pedro e João Cabeleira dos Xutos & Pontapés, vão ser oferecidas para uma acção de apoio a uma instituição de solidariedade social escolhida pela banda.

 

A que vêem na imagem é a minha preferida!

 
Carla Bulhões

 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 11:55