Sexta-feira , 15 de Outubro DE 2010

Um dia diferente, fora do escritório

 

Hoje, cerca de 400 colaboradores de empresas vão ter um dia de trabalho diferente. Por um dia, vão participar no projecto GIRO, a maior acção de voluntariado empresarial em Portugal, uma iniciativa do GRACE – Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial [www.grace.pt].

 

381 voluntários, 32 empresas envolvidas, intervenções em oito associações de base local, de cariz solidário e sem fins lucrativos da Alta de Lisboa. Esta é a primeira acção de rua da 5ª edição do GIRO, um projecto que tem como principal objectivo a melhoria da qualidade de vida de grupos em risco, enquadrados em zonas socialmente deprimidas ou em instituições de acolhimento, através de acções de requalificação e criação de espaços comunitários.

 

Desde 2006, data da primeira edição, foram mais de 1500 os voluntários que participaram no projecto, beneficiando cerca de 7000 pessoas em todo o país.

 

Para a semana há mais, no Porto e no Algarve. E com essas duas acções, no norte e no sul do país, termina o “mês do voluntariado GIRO”, marcando a diferença na vida de muitos.

 
Teresa Nunes

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 11:29
Sexta-feira , 26 de Fevereiro DE 2010

Uma década de dedicação às boas práticas empresariais

O GRACE – Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial comemorou ontem o seu 10º aniversário, uma década marcada pelo empenho na promoção da responsabilidade social empresarial e da cidadania corporativa.

Pioneiro enquanto primeira associação portuguesa sem fins lucrativos dedicada ao tema da Responsabilidade Social das Empresas, tem como principal objectivo o fomento da participação das empresas nos respectivos contextos sociais em que se inserem.

A responsabilidade empresarial em Portugal está a viver um período óptimo. Temos cada vez mais empresas preocupadas com o impacto ambiental e social das suas actividades, e conscientes do seu papel no desenvolvimento da sociedade. As práticas empresariais socialmente responsáveis contribuem para um desenvolvimento sustentado dos negócios, e para a produtividade e competitividade do tecido empresarial, e as organizações, conscientes desta realidade, têm, de dia para dia, uma intervenção mais activa no terreno.

Um brinde a mais dez anos a agitar consciências. E com o apoio do Causas.

 

Teresa Nunes

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 11:33
Quarta-feira , 20 de Janeiro DE 2010

As nossas ONG entram em campo




 

O sismo que assolou o Haiti na semana passada, e que causou destruição em larga escala no país caribenho, tem gerado, um pouco por todo o mundo, uma onda de solidariedade e disponibilidade imediata para ajudar as populações afectadas.

Considerada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, a pior crise humanitária das últimas décadas, neste momento é imperativo apelar à comunidade para se mobilizar e actuar. Várias ONG portuguesas estão a reunir esforços para auxiliar as vítimas, deslocando-se para o país, em equipas de ajuda humanitária. Algumas integram o painel do Causas, o projecto de responsabilidade social da LPM com o patrocínio do Banco Espírito Santo.

A AMI (Assistência Médica Internacional) tem no terreno duas equipas de emergência, num total de sete elementos, compostas por médicos, enfermeiros e logísticos. Vão avaliar as necessidades mais urgentes, coordenar acções de emergência com os parceiros locais e actuar no hospital de campanha montado na capital do país, prestando assistência médica.

Também a Médicos do Mundo vai mandar para Port-au-Prince equipas médicas e de enfermagem, reforçando a intervenção nas zonas mais afectadas, juntando-se às equipas internacionais que já se encontram em campo.

Ambas as organizações têm contas de emergência para donativos, podendo também as transferências ser feitas através do multibanco. A AMI já contabilizou 190 mil euros e a Médicos do Mundo 7200 euros em donativos para o Haiti, que se destinam à manutenção das equipas no terreno e à compra de medicamentos, água, alimentos, desinfectantes e outras necessidades logísticas.

Está nas mãos de todos ajudar.



Teresa Nunes

 
publicado por Lugares Mesmo Comuns às 11:15
Segunda-feira , 28 de Dezembro DE 2009

Solidariedade: round two


Este ano, aqui na LPM, voltámos a substituir a tradicional troca de presentes entre colegas por um presente solidário – um donativo a uma das ONG do Causas.

 

E a escolhida, por maioria, foi a Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL), que contou, assim, com o nosso contributo.

Mais um passo no nosso percurso solidário!

 

Teresa Nunes

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 17:47
Quinta-feira , 17 de Dezembro DE 2009

Casa Ronald McDonald em oito minutos

Porque abaixo se fala de solidariedade. Porque o Natal é a época em que mais pensamos nos outros. E porque o projecto da Fundação Infantil Ronald McDonald ajudou já cerca de uma centena de famílias portuguesas, fica o convite para retirarem oito minutos e 55 segundos do vosso dia e ficarem a saber porque é que esta é uma “casa longe de casa” vendo a reportagem abaixo:

 



Vanessa Correia Marques

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 16:20
Quarta-feira , 09 de Dezembro DE 2009

Dr. Rafa é a mascote de Natal da Médicos do Mundo



 

A Médicos do Mundo prepara-se para lançar a sua Campanha de Natal. Este ano, a mascote é o Dr. Rafa e o objectivo é angariar verbas para a compra de uma nova unidade móvel para o projecto "Noite Saudável" que esta ONG desenvolve em Lisboa, apoiando mais de 1800 pessoas desfavorecidas.

A apresentadora de televisão Tânia Ribas de Oliveira e o guitarrista dos Xutos & Pontapés, Zé Pedro são os padrinhos da campanha e protagonizam o spot promocional, que vai passar na RTP a partir de amanhã.

 Para ajudar basta adquirir a mascote Dr. Rafa, à venda pelo preço de 10€, dos quais 2€ revertem para a Médicos do Mundo, associação que integra o painel do Causas

 

Equipa Causas

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:53
Quinta-feira , 26 de Novembro DE 2009

Causas.net renova imagem



 



O Causas.net, um serviço pro bono da LPM Comunicação, com o patrocínio do Banco Espírito Santo, tem uma nova imagem. O objectivo desta renovação é tornar mais fácil a navegação por este site que agrega quase duas dezenas das mais importantes Organizações Não Governamentais (ONG) portuguesas.

Em cerca de dois anos e meio de existência, o Causas tornou-se num dos maiores, mais representativos e mais importantes portais na área da responsabilidade social em Portugal, facultando um serviço profissional de assessoria mediática a um painel de instituições de solidariedade de referência.


Equipa Causas

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 16:57
Quinta-feira , 19 de Novembro DE 2009

Queres ser o “1%” que falta para erradicar a pobreza?



No âmbito do Ano Europeu de Combate à Pobreza e à Exclusão Social, que se assinala em 2010, a Associação CAIS lançou recentemente o projecto “CAIS 99%”, uma iniciativa que pretende incentivar a sociedade civil, associações e empresas a combater situações de pobreza ou exclusão social.

CAIS 99% desafia a sociedade a mobilizar-se e a levar a cabo acções concertadas para satisfazer necessidades pontuais, caso a caso. Porque cada um de nós pode ajudar a erradicar a pobreza e ajudar a encontrar o que faz falta para que outra pessoa possa ter uma vida mais digna.

E ajudar pode ser mais do que o “típico” donativo, pode ser divulgar o caso nas redes de amigos e no trabalho (sem esquecer as redes sociais, tão em voga) ou encontrar uma janela de oportunidade para resolver a situação.

Só falta 1% para a erradicação da pobreza… Quem quer fazer a diferença?

 
 

Teresa Nunes

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:40
Terça-feira , 10 de Novembro DE 2009

Comprar já é Ajudar




 

Se pretende encontrar bons presentes de Natal, a preços convidativos, e, ao mesmo tempo, ajudar uma boa causa, não pode perder a Feira de Solidariedade - Rastrillo, a principal acção de angariação de fundos da Associação Novo Futuro.

A instituição acolhe jovens e crianças em risco, providenciando-lhes um lar e permitindo-lhes estudar e/ou trabalhar até serem completamente autónomos. Aí, encontram um ambiente familiar e são acompanhados por peritos. A Novo Futuro acolhe actualmente cerca de 60 crianças nos seis lares que tem em funcionamento - cinco na Grande Lisboa e um no Porto. 

A feira realiza-se de 27 de Novembro a 1 de Dezembro, no Pavilhão 1 do Centro de Congressos de Lisboa (antiga FIL), na Junqueira.

 

 

 

Equipa Causas

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 14:57
Sexta-feira , 30 de Outubro DE 2009

Casa Ronald McDonald já acolheu quase 100 famílias

Faz um ano terça-feira que a Casa Ronald McDonald acolheu a primeira família. Criada pela Fundação Infantil Ronald McDonald, cumpre a missão de ser uma “casa longe de casa” para as famílias que, vindas de longe, procuram, no Hospital D. Estefânia, cuidados de saúde para as suas crianças.


Ao todo, já recebeu 94 famílias.


A casa está situada a cinco minutos a pé do maior hospital pediátrico do país e é a primeira em Portugal, oferecendo sem qualquer custo apoio e estadia aos familiares das crianças que se deslocam da residência habitual para receber tratamento hospitalar.

 

A selecção das famílias é feita pelos Serviços Sociais do hospital.


 

 Equipa Causas

 

tags: , ,
publicado por Lugares Mesmo Comuns às 18:04
Como contratar uma Agência de Comunicação

arquivo

subscrever feeds

tags

Contactos

LPMCOM

Lugares Mesmo Sociais

Facebook Lugares Mesmo Comuns Twitter Lugares Mesmo Comuns
 
Youtube Lugares Mesmo Comuns Flickr Lugares Mesmo Comuns