Terça-feira , 17 de Agosto DE 2010

Eis uma nova realidade: droga virtual

 

 

É bastante comum, e merecido, usar o conceito de vício quando se fala de internet em geral, e redes sociais em particular. O uso do conceito tem passado a ser bem mais literal à medida que se uma nova realidade vai ganhando espaço: as e-drugs. Estas drogas virtuais, difundidas nas redes sociais,  consistem em “doses” de zumbidos que duram entre 15 e 30 minutos e custam entre 7 e 150 euros.
“As e-drugs são baseadas em batidas binárias, um fenómeno neurológico que consiste em emitir sons diferentes em cada ouvido e que estimula o cérebro, produzindo sensações de euforia, estados de transe ou de relaxamento, assegura quem as consome” escreve a Lusa.
De facto, a Era das Redes permite-nos ter tudo, sem desviar os olhos do computador. Até as coisas más.

 

Francisco Reis

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 11:07
Quinta-feira , 03 de Dezembro DE 2009

Longe da lista, longe do coração



 

A ler, hoje, no caderno P2 do Público uma reportagem sobre as novas definições de amizade e amigo criadas pelas redes sociais, mais concretamente o Facebook.

Isto a propósito da entrada, em Novembro, da palavra unfriend no New Oxford American Dictionary. Foi, aliás, escolhida como a palavra do ano: unfriend, o verbo desamigar, que significa retirar alguém de uma rede social da Internet, abolindo o seu estatuto de "amigo".

E percebe-se a importância do conceito. Quando conhecemos alguém que não queremos encontrar, evitamos cruzar o olhar com ela. Em espaços públicos comuns, fazemos por evitar passar por determinado sítio. No caso do Facebook, a única coisa que nos liga a essas pessoas é estarem associadas à nossa listagem de contactos.

É, por isso, mais rápido desfazermos o relacionamento. Nada de fitas. Nada de olhos nos olhos. Nada de choradeira ou pedidos de explicação. Um click e acabou.

 

 

 

 Sandra Silva

 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 11:10
Quinta-feira , 26 de Novembro DE 2009

Finalmente no meio certo


Sandra Silva

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 18:39
Quinta-feira , 29 de Outubro DE 2009

Se podíamos viver sem Internet? Sim... mas não era a mesma coisa!

Faz hoje 40 anos que foi enviada a primeira mensagem de correio electrónico entre dois computadores (e-mail em rede) situados em locais distantes.

 

O texto dessa primeira mensagem continha apenas duas letras e um ponto - "LO.". O investigador da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) Leonard Kleinrock queria escrever "LOGIN", mas o sistema foi abaixo a meio da transmissão.

 

A mensagem seguiu do computador do laboratório de Kleinrock na UCLA para o de Douglas Engelbart no Stanford Research Institute, utilizando como suporte a recém-criada rede da ARPA (Advanced Research Projects Agency), agência financiada pelo governo norte-americano.

 

O primeiro nó de ligação entre dois computadores da Arpanet tinha sido estabelecido pouco tempo antes, em 02 de Setembro de 1969, pelo que a história da Internet e do e-mail em rede se confundem.
 

passaram 40 anos. Mas será que alguém consegue imaginar o que é não ter o mundo à distância de uma tecla?



Sandra Silva

tags: ,
publicado por Lugares Mesmo Comuns às 14:46
Segunda-feira , 12 de Outubro DE 2009

Isto está animado

Vão-se sucedendo os fenómenos nas redes sociais em Portugal. Agora é a nova campanha do Pingo Doce a motivar uma reacção em cadeia digna de registo. 

 

O grupo "Gente que não grama o anúncio do Pingo Doce do Duda", alojado no Facebook, conta já com quase 1.500 membros, e isto em cinco dias... Os comentários vão-se multiplicando no Twitter,  circula na net uma carta aberta aos responsáveis pela campanha e já existe uma t-shirt e um quiz do género escolha o seu cliché favorito de todos os que aparecem no anúncio.

 

Vá, digam de vossa justiça. E, já agora, que acham da máxima "até a má publicidade é boa publicidade?"..
 




Sandra Silva

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 12:40
Quinta-feira , 08 de Outubro DE 2009

Bom demais

Um vídeo filmado num único take pelos alunos da Universidade do Quebeque e posto a circular através do You Tube. O sucesso foi tal que já mereceu uma reportagem na CNN. Para ver várias vezes, com o som bem alto. 

 


Sandra Silva

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 19:00
Quarta-feira , 23 de Setembro DE 2009

Roubado do mural de uma colega



"Sabemos que somos imigrantes digitais quando perdemos horas a fio a recuperar todo o fluxo de informação porque cometemos o erro de nos desligar nas férias..."

 


Sandra Silva

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 12:07
Segunda-feira , 07 de Setembro DE 2009

Internet killed the video star



 

A Internet trouxe grandes mudanças ao nosso quotidiano. Tarefas que antes demoravam dias são agora feitas em segundos... ao mesmo que saltitamos entre o Skype, o Facebook e o You Tube, respondemos a um ou outro mail e ainda passamos os olhos pelos nossos blogues favoritos. Tradições e procedimentos que foram regra durante séculos tornaram-se obsoletos.

 

Como em tudo, há quem se entusiasme com as potencialidades e quem aponte as desvantagens. A esse propósito, o jornal britânico Telegraph listou 50 coisas que estão a acabar ou que deixaram de fazer sentido com a Internet e os telemóveis. 

 

Que a tradição já não é como era acaba por ser o aspecto mais consensual... 

 


 

Sandra Silva

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 16:01
Terça-feira , 01 de Setembro DE 2009

Um sucesso inesperado do You Tube

É um dos temas mais comentados nas redes sociais. A protagonista é uma anónima avó, natural dos Açores mas a viver no Canadá, que subitamente se tornou uma estrela do You Tube. Tudo graças aos vários vídeos que o seu neto Jeff colocou online e que registam mais de 80 mil visitas. O segredo deste sucesso parece residir no típico sotaque açoriano e na espontaneidade demonstrada pela avó Angelina frente às câmaras…

 


Pedro Rio

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 19:01

Uma nova forma de reabilitação prisional nas Filipinas...

... ou como, graças ao You Tube e à Internet, os prisioneiros do Centro de Detenção e Reabilitação da Província de Cebu ganharam projecção mundial. São vários os vídeos, milhares as visualizações.

 

 



Sandra Silva

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 13:10
Como contratar uma Agência de Comunicação

arquivo

subscrever feeds

tags

Contactos

LPMCOM

Lugares Mesmo Sociais

Facebook Lugares Mesmo Comuns Twitter Lugares Mesmo Comuns
 
Youtube Lugares Mesmo Comuns Flickr Lugares Mesmo Comuns