Segunda-feira , 12 de Julho DE 2010

O flirt

Há qualquer coisa de flirt em todas as entrevistas. O entrevistador quer levar a sua avante e perguntar o que o outro pode não querer responder. O entrevistado protege-se daquilo que não quer revelar e tenta revelar o que lhe interessa. Aqui, o jogo é bem mais simples. Casillas, campeão do Mundo, quis agradecer à família o apoio determinante para ser campeão e beija a namorada, que por acaso estava encarregue de o entrevistar, sabendo como se sentia o guarda-redes naquele histórico momento. Este mostra bem a sua alegria. Entrevistadora e entrevistado cumpriram os seus objectivos.

 

 

 


 

Francisco Reis

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 18:00

Devastador e Genial!!!

 

Sábado de manhã a tribo das Quinas que ronda lá por casa entrou em sobressalto. O patriarca da família telefonou a anunciar que Jesus nos ia deixar. Desolação total.

 

Após uma corrida à banca lá chegaram mais tranquilos.

 

Afinal, era apenas uma publicidade mandada fazer pelo SLBenfica para promover uma nova campanha de comunicação - "Treinador de Bancada"-, que tomou a forma de capa fictícia do jornal Record. A capa real do jornal surgia na página 3.

 

Este, parece-me, ser um bom exemplo de uma boa estratégia win-win, o Benfica ganha com a publicidade ao cartão RED PASS e o Record ganha porque vendeu, com toda a certeza, todos os exemplares que imprimiu.


 

Nádia Novais

 

 

tags:
publicado por Lugares Mesmo Comuns às 16:29

“Oriente-Ocidente” no Oriente

 


No âmbito dos concertos de Verão, o Museu do Oriente sugere um concerto onde o Oriente e o Ocidente se fundem num recital de piano e erhu (violino chinês), interpretado pela portuguesa Joana Gama e pela chinesa Betti Xiang.

 

Betti Xiang toca peças tradicionais chinesas, bem como clássicos da música moderna do país.

Joana Gama interpreta duas peças de compositores contemporâneos, Carlos Marecos e Luís Tinoco. 

 

“Oriente-Ocidente, espectáculo  a não perder no dia 23 de Julho, 21h30.



Isabel Carriço

 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:43

Partilhas


Há uma geração que gosta muito do filme “África Minha”. Uma história de amor e determinação, com paisagens extraordinárias e uma Meryl Streep muito novinha a mostrar como as relações humanas se fazem de partilhas. Dar e receber, tentando afastar pré-conceitos. Estar dentro de uma comunidade e efectivamente fazer parte dela, respirar a sua magia, as suas tradições e devolver essa dádiva com respeito e conhecimento.

Eu gosto do filme, mas não sou dessa geração. Sou de uma outra que assiste a bons exemplos, como o da Fundação ESCOM, que ao longo do mês de Julho vai implementar um programa educacional em cinco escolas angolanas, que permitirá a cerca de 800 crianças aprenderem a construir e a tocar kissange, um instrumento musical típico de Angola. No âmbito das “Oficinas de Construção de Instrumentos Musicais Pangeia Kids”, um projecto dirigido por Vítor Gama, músico e compositor de origem angolana, crianças de Luanda e de Lunda Norte estão a aprender a construir os seus próprios kissanges e a decorá-los com motivos alusivos ao meio ambiente em que vivem, mostrando no final o que aprenderam em pequenos concertos. A fotografia que vemos foi tirada na passada semana, na Escola Dom Bosco do Cacuaco.

Olhando em redor, podemos questionar-nos se a maioria das organizações tem esta preocupação. Sim, dar e receber, integrar uma comunidade, viver do fruto do seu trabalho ou simplesmente viver no seu seio, e contribuir para o seu desenvolvimento, para a sua sustentabilidade, é um assunto que nos toca a nós. Em qualquer parte do mundo, em todos os sectores de actividade, as empresas e as organizações têm que saber estabelecer e manter relações mutuamente benéficas com os seus públicos. É este o mais importante objecto de trabalho dos profissionais de Comunicação Empresarial.


 Ana Martins

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 11:31
Sexta-feira , 09 de Julho DE 2010

Em época de twitter, quem manda é um polvo



Em época de desenvolvimento tecnológico, o tempo andou para trás e os adeptos de futebol depositaram as suas esperanças num oráculo de água doce. O polvo alemão Paul é uma estrela mundial após ter “adivinhado” todos os resultados da equipa nacional alemã , inclusivamente a derrota com a Espanha,  arriscada previsão, que por pouco não fez de Paul uma salada.

Curioso, em tempos de dependência tecnológica, ainda estarmos entregues à bicharada.

 

PS: Domingo vence a Espanha.

 

 Francisco Reis

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 16:22

No Estoril a Música chega a TODOS!

 As Semanas de Música do Estoril contribuem de forma simbólica para fazer de 2010, o Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social, através da disponibilização de uma modalidade de acesso ao festival para espectadores mais carenciados em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Cascais e centros comunitários do Concelho.

Com início marcado para dia 12 de Julho, esta iniciativa inclui o 36.º Festival do Estoril; o 12.º Concurso de Interpretação do Estoril e o 9.º Encontro da Nova Geração de Compositores do Mediterrâneo – Mare Nostrum.

De 12 a 31 de Julho, no Centro Cultural de Cascais, Museu da Música Portuguesa, Hotel Palácio (Estoril) e Igreja dos Salesianos (Estoril).


 

 Nádia Novais

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 11:23
Quarta-feira , 07 de Julho DE 2010

Ana Laíns apresenta ao vivo temas do novo álbum

A fadista Ana Laíns sobe ao palco da Feira de Artesanato do Estoril, onde apresenta temas do novo álbum Quatro Caminhos, no dia 9 de Julho, às 21h30.

 

O novo disco conta com a produção e direcção musical de Diogo Clemente e participação de Amélia Muge, Manuel David e Filipe Raposo, entre outros. Segundo a artista, que recentemente gravou um single ao lado da estrela pop britânica, Boy George, o espectáculo “é um concerto misto de emoções e caminhos. Uma viagem ao universo de cariz português que vai dar ao fado tradicional, ao cancioneiro, proporcionando momentos onde se comprova a universalidade da música portuguesa.”

 

Na noite de Sábado, dia 10 de Julho, actua o grupo Raízes. A sua sonoridade é definida como uma cumplicidade melódica entre a origem do Flamenco e a génese do Fado.

 

O Paca’s Banda é o grupo que garante animar a noite de Domingo. O repertório é baseado, sobretudo, no soul, funk, reggae, entre outros. As escolhas musicais, associadas à energia do intérprete, resultam num espectáculo de puro entretenimento.

 

A Feira de Artesanato do Estoril decorre de 1 Julho a 29 de Agosto, no recinto em frente ao Centro de Congressos.

 

Nádia Novais

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 18:44
Segunda-feira , 05 de Julho DE 2010

Conheci Xavier Libbrecht …

 

 

Este fim de-semana tive oportunidade de conhecer um dos maiores nomes do jornalismo desportivo internacional, Xavier Libbrecht.

 

Editor da revista L’Eperon - a revista equestre mais prestigiada de toda a Europa -, veio a Portugal pela primeira vez para assistir ao GCT, Grande Prémio de Portugal de Hipismo que decorreu de 1 a 3 de Julho, no Hipódromo de Cascais. Tratado por todos os cavaleiros, inclusive os mais “mediáticos”, com honras de Estado, publicou o seu primeiro artigo há cerca de cinco décadas. É, actualmente, considerado por toda a classe jornalística especializada como o “Grand Reporter”.

 

O Estoril é, sem dúvida, um lugar único!

 


Nádia Novais 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 16:46
Quinta-feira , 01 de Julho DE 2010

Comunicar é o melhor “remédio”!

No primeiro semestre deste ano, o número de turistas na Costa do Estoril aumentou 4 por cento face ao mesmo período do ano passado.

Em declarações à Agência Lusa, Duarte Nobre Guedes revelou-se “optimista” quanto aos resultados que a região poderá vir a ter no computo geral do ano.

Nobre Guedes avançou que os bons resultados têm a ver com o esforço promocional que a região tem feito, nomeadamente junto do mercado espanhol, que representa mais de 20% do total de turistas estrangeiros. Outros contributos realçados por Nobre Guedes são os eventos desportivos e culturais que considerou serem “um potencial para o turismo na Costa do Estoril”.


Nádia Novais 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 18:52

Bela vida a de cavalo...

O GCT - Grande Prémio de Portugal de Hipismo está de volta ao Estoril até sábado, reunindo a elite internacional do desporto e não só. Além dos trinta melhores cavaleiros de todo o mundo, são esperados Charlotte Casiraghi, Athina Onassis ou Amâncio Ortega... só para dar alguns exemplos.

 

Para receber tão ilustres convidados, abriram-se as portas do Hotel Real Vila Itália, a antiga residência do rei Humberto II, exilado em Portugal nos anos 40. O requinte é a palavra de ordem. Afinal, estão em jogo 400 mil euros, nada mais que o maior prémio monetário da Europa.

 

Mas são os cavalos as verdadeiras estrelas da festa. Tratados como umas prima-donas, graceja Duarte Nobre Guedes, presidente do Turismo do Estoril, em artigo publicado hoje na revista Visão. Por isso têm mimos especiais e até boxes climatizadas... com este calor é caso para dizer bela vida a de cavalo...

 


Nádia Novais

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:04

arquivo

subscrever feeds

tags