Sexta-feira , 16 de Outubro DE 2009

Érrepê



 

Muitos de nós, com toda a certeza, já tivemos a velha conversa sobre a definição da profissão de Relações Públicas. Explicações, discussões, agressões (ah pois!), sempre com base na defesa da honra. O tema começa sempre pelo mesmo tipo de abordagem. E lá estrebuchamos, argumentamos, damos exemplos. Quando calha bem, até sacamos da definição de Public Relations do Grunig – toma lá com esta!

O tema não é novo, por isso hoje a ideia aqui não é explorá-lo. É só partilhar, com quem não sabe, porque apetece e porque é sexta-feira, que o nosso trabalho tem consequências maravilhosas no relacionamento mutuamente benéfico entre as organizações e os seus públicos. É só isto. E não é pouco.

 

Ana Martins

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 16:13
Quarta-feira , 09 de Setembro DE 2009

Somos levados a sério...



 

Os resultados do “European Communication Monitor 2009”, de que já aqui falámos, serão oficialmente divulgados no dia 16 de Setembro. Para já, fiquem com uma preview, com um conjunto de conclusões interessantes, ainda que muitos dos desafios sejam os de sempre.


 

 

Ana Martins

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 18:07
Segunda-feira , 06 de Julho DE 2009

Navegamos a cantar



Rasgamos as ondas sem medo, coragem, coragem
A proa segue a força da gente, que sente, que sente


 

É um universo assustador e profundamente desejado, o “mercado”. Assim os professores apelidavam tudo o que estava para lá da universidade, tudo o que nos esperava. Nós olhávamos pelas janelas enormes daquelas salas e imaginávamos como iria ser, “lá fora”. Ter uma função de gestão dentro de uma organização, identificar e compreender os seus públicos. Falar “com” eles e não “para” eles. Solucionar problemas de comunicação com as mais maravilhosas estratégias, sempre tão bem fundamentadas, propor e implementar acções simples ou grandiosas para tornar os canais mais fluidos, para informar, divulgar ou persuadir. Mergulhar na cultura organizacional, ter espírito de Missão e sentir os Valores que a todos haviam de inspirar. Avaliar, inquirir, aferir, finalmente confirmar que todo o investimento teria feito sentido e que a Meta de Comunicação teria sido alcançada.


Saltámos cá para fora cheios de garra e de paixão. Aí íamos nós!


Alguns anos depois, parece que o mar é um pouco mais tempestuoso e que os mergulhos são, por vezes, difíceis de dar. Mas na angústia de um possível desencanto, depressa reavivamos ao aprender com as vozes da experiência, com a análise e o pensamento sábios. É bom estar entre grandes Profissionais de Comunicação. Mantém o encanto e a vontade de lembrar os ensinamentos, continuar a sentir, questionar, procurar e redescobrir ideias, conceitos, teorias e práticas. Rasgar ondas sem medo. 


Viver com a presença eterna do espírito de estudante e procurar aplicar todas as aprendizagens nas melhores Propostas de Comunicação. É este o desafio para os jovens RP. Como canta a Infantuna de Viseu, são marinheiros e o destino é conquistar, navegar a cantar! 


 

 Ana Martins

 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:07
Segunda-feira , 18 de Maio DE 2009

Macro RP’s

Na Monocle, capa de Maio, ficamos a saber que a Bielorrússia e a Finlândia são grandes clientes de RP por estes dias e têm um objectivo idêntico: mudar a sua imagem enquanto país.

A Finlândia quer incorporar os conceitos de tecnologia e cultura no seu brand. Já a antiga república soviética tem uma tarefa com outra escala para desmontar a imagem de último regime ditatorial na Europa e para isso já contrataram a Bell Pottinger.

 

João Belo

tags:
publicado por Lugares Mesmo Comuns às 12:10
Sexta-feira , 08 de Maio DE 2009

O que pensamos sobre os desafios actuais e futuros da nossa profissão?


Quais são as estratégias relevantes na crise económica? Qual a influência dos Profissionais de Comunicação nas suas organizações? Quais serão os maiores desafios para os Profissionais de Relações Públicas no futuro? Que questões e estratégias são relevantes para organizações e consultores?


Estas são as perguntas que Ansgar Zerfass, director-executivo da EUPRERA, coloca aos Profissionais de Comunicação de toda a Europa em mais uma edição do “European Communication Monitor”. O estudo anual é supervisionado por onze académicos de universidades europeias de renome e tem apresentado conclusões interessantes sobre as tendências na área de Comunicação e Relações Públicas. Para participar na edição de 2009, basta dispensar dez minutos e responder ao questionário online até dia 31 de Maio.



 

 

Ana Martins
 


 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:37
Segunda-feira , 27 de Abril DE 2009

E se o “Passa-Palavra” tivesse um rosto?

Word of mouth (WOM para os amigos) é uma das buzzwords  de estimação dos consultores de marketing, branding ou RP. David Armano, especialista em  Experience Design e colaborador permanente do Futurelab - site dedicado a novas tendências - andava intrigado sobre como poderia representar-se este conceito e lançou, há algumas semanas, um concurso que incitava os utilizadores a tangibilizar a ciência do “passa-palavra”. A experiência saldou-se numa extensa lista de participações da qual o marketeer Mario Vellandi  saiu vencedor

Afinal, uma imagem pode mesmo valer milhares de (passa) palavras:


 


Vanessa Correia Marques


 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 14:35

arquivo

subscrever feeds

tags