Quarta-feira , 21 de Outubro DE 2009

Criatividade procura-se



 

É já amanhã que a MOP, Multimédia Outdoors Portugal, lança o desafio a jovens criativos, até aos 28 anos, que trabalhem no sector publicitário, para que apresentem trabalhos para o concurso Festival Eurobest , que decorre em Amesterdão, de 25 a 27 de Novembro.

No site da MOP – www.mop.pt - vai estar o briefing do trabalho e regulamento do concurso. Os jovens criativos terão até às 18h00 de quarta-feira, dia 28, para apresentar as suas propostas. Os seleccionados terão a oportunidade de representar Portugal num dos mais prestigiados festivais de publicidade da Europa.
 


Francisco Reis

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 12:36
Quarta-feira , 24 de Junho DE 2009

Premiar inovação e criatividade


  

A Unicer e a Fundação de Serralves entregaram o primeiro Prémio Nacional de Indústrias Criativas aos projectos Hard Club, na área de animação cultural, e Cut Furniture, na área do design. Dada a qualidade dos projectos apresentados, o Júri do Concurso decidiu entregar o prémio de 25.000 € a dois projectos - e não apenas a um. Os vencedores da primeira edição do Prémio foram escolhidos de entre um grupo de dez projectos finalistas.

 

Parabéns aos vencedores!
  

Isabel Carriço

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 17:38
Quinta-feira , 04 de Junho DE 2009

Criatividade vale Prémio

A Unicer e a Fundação de Serralves vão entregar o Prémio Nacional de Indústrias Criativas numa cerimónia integrada no Laboratório Criativo 2009, dia 18 de Junho, ao final da tarde. Local? Criativo, também: plataforma 5 da Estação do Rossio, em Lisboa. E o Prémio vai para… (rufos, por favor). Queriam saber, não era? Lamentamos, mas ainda é segredo. Apenas podemos dizer que os vencedores integram o grupo dos dez candidatos finalistas nas áreas de conservação e restauro, design, animação cultural e artes visuais, após selecção do Júri de entre as 171 (171!...) candidaturas a concurso. No fim de contas, o objectivo do Prémio é o de tratar as indústrias criativas como actividades impulsionadoras da economia nacional que são e que, por isso mesmo, influenciam na valorização do património, na requalificação urbana e na internacionalização do país. Esperem para ver…
  

Jorge Fiens

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:53

arquivo

subscrever feeds

tags