Terça-feira , 08 de Setembro DE 2009

Espaço, Energia e Ambiente

 

 




 

Este novo serviço está disponível numa loja cedida pela Câmara Municipal de  Lisboa à Lisboa E-Nova - Agência Municipal de Energia-Ambiente e é dinamizado em parceria, entre outros seus Associados, com a ADENE – Agência para a Energia e APA – Agência Portuguesa do Ambiente.

  

Abriu, recentemente, ao público o Espaço Energia-Ambiente, na Rua dos Fanqueiros, 40. Aqui são divulgadas as boas práticas na área de energia e ambiente, disponibilizado apoio ao cidadão nas áreas da certificação de edifícios, da eficiência energética, da gestão de resíduos sólidos, entre outras.

 

 

 


 Nuno Maia

 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 18:54
Quarta-feira , 15 de Julho DE 2009

Responsabilidade ambiental nas empresas



 

A Home Energy lança hoje uma campanha, juntamente com a ERA e com o Banco Popular, na qual se comprometem a plantar uma árvore por cada casa transaccionada através daquela rede imobiliária.

A plantação de árvores será feira na Barragem de S. Domingos, no Concelho de Peniche, no âmbito do plano recuperação daquela zona e cada árvore será identificada por uma etiqueta personalizada com o nome do cliente. 


Prevê-se que esta campanha compense cerca de 1.000 toneladas de emissões de CO2, o equivalente às emissões de mais de 125 voltas ao Mundo num veículo ligeiro de passageiros.
 

Nuno Maia
 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 09:53
Sexta-feira , 29 de Maio DE 2009

Dia Mundial da Energia

Um dia cheio de boas energias para todos!

 

 

Ana Martins

tags:
publicado por Lugares Mesmo Comuns às 10:00
Quarta-feira , 22 de Abril DE 2009

Partilhar é bom, e amigo do ambiente!


São precisos mais motivos para partilhar o automóvel no caminho para o trabalho?..


António Carvalho
 

tags: ,
publicado por Lugares Mesmo Comuns às 18:49

Nuclear: valha-nos Deus!

O futuro energético do país debate-se hoje, em Lisboa, muito apropriadamente no Museu da Electricidade. A questão da energia nuclear é inevitável. Por um qualquer motivo (ou vários), e apesar dos discretíssimos apoiantes que o apresentam como uma das alternativas mais eficientes, o Nuclear tem sido das áreas menos trabalhadas no domínio da Comunicação. Está arrumado dentro de um imaginário colectivo negativista: uma energia utilizada apenas por uma espécie de impérios-do-mal que não dão qualquer importância à segurança da população. Com certeza haverá quem reze três “Pai Nosso” e sete “Avé Maria” quando se pronuncia a palavra. Um verdadeiro desafio, portanto, à espera de ser agarrado.


João Belo

tags:
publicado por Lugares Mesmo Comuns às 16:45

arquivo

subscrever feeds

tags