Sexta-feira , 05 de Fevereiro DE 2010

O "all picture"

Uma boa foto faz uma notícia. O mais importante é escolher a foto. Aquela que assegura a percepção mais completa, ou original, do acontecimento que ela ilustra.






 

Pedro Tavares

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 16:47
Terça-feira , 22 de Setembro DE 2009

Fernando Lima e os intriguistas

 

No nosso sistema político-mediático, uma campanha eleitoral é uma experiência ímpar de análise, planeamento, determinação, rigor e agilidade. E é, igualmente, um somatório de momentos de risco, alguns dos quais pré-avaliados, outros inesperados.
Ao Fernando Lima ligam-me vários episódios de uma relação pessoal e profissional com uns 30 anos de vida, incluindo alguns momentos em que as nossas agendas divergiram, mas liga-me, sobretudo, a experiência única de termos partilhado uma campanha eleitoral vigorosa, afirmativa, mobilizadora e triunfadora.
Nas Presidenciais de 2006, vivemos momentos inesquecíveis. Vivemos sobretudo momentos positivos, mas também alguns daqueles que não se desejam. Em todos os casos, fomos cúmplices da forma e do conteúdo.
De então para cá, infelizmente não pudémos voltar a ter qualquer tipo de relação profissional, mas a nossa relação pessoal só soube aperfeiçoar-se.
O Fernando Lima, rodeado de gente forte e amiga, não precisa destas minhas modestas palavras de amizade. Mas, elas aqui ficam públicas para serem levadas em conta pelos intriguistas que procuram atirar para cima dos outros (os suspeitos do costume?) os pesadelos criados pelas suas traições, desonestidades e incompetências.   
lpm
PS: Salvo erro, esta é a 2ª vez que recorro a este blogue das Equipas da LPM. Na anterior escrevi isto E eu, ao contrário de outros, tenho a independência suficiente para escrever apenas o que quero.

 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 20:46
Quinta-feira , 16 de Julho DE 2009

O pluralismo e os pormenores

 

Nem sempre sentimos da parte de alguns jornalistas e comentadores do Público uma compreensão positiva face à nossa actividade. Nem sempre tivémos no Público o tratamento de isenção, objectividade e independência que os nossos interesses julgavam merecer. Mas, não alinhamos no coro daqueles que regozijam com os noticiados problemas financeiros daquele jornal. Há um conceito fundamental para a saúde do nosso sistema mediático – o pluralismo. Aqueles que, como nós, abordam com seriedade o sistema mediático não podem regozijar com episódios que enfraquecem o pluralismo. O resto são pormenores.
 
lpm

 

tags:
publicado por Lugares Mesmo Comuns às 18:51
Sexta-feira , 03 de Julho DE 2009

Indicadores que produzem efeito

 

 

 

No dia de hoje o mais comum é ouvir e ler sobre o facto que levou à saída do Ministro da Economia. Sendo assim tão comum, não pode o Lugares Mesmo Comuns deixar de analisar, com total defeito profissional, os títulos nos jornais.

 

E o prémio vai para o Jornal de Negócios com o “Indicadores tramam Pinho” na capa. E não satisfeitos ainda destacam na pag.4 “Manuel Pinho acaba antes da crise”.

 

No que diz respeito a criatividade, confessamos a nossa inveja! E arriscamos a lançar os parabéns a João Cândido da Silva.

 

Rodrigo Saraiva

 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 12:03
Segunda-feira , 25 de Maio DE 2009

CNN recomenda Portugal para todos os gostos

 



 


 

Que Portugal é melhor para si?A CNN responde e garante que, do Douro ao Alentejo, por serras, vales profundos e planícies loiras, há muito para ver e fazer, qualquer a bolsa, qualquer o feitio. Que os areais atlânticos começam já a atascar-se com sirs, monsieurs, herrs e siñores, sabemo-lo nós. Mas um instantâneo de Portugal capta também “cidades, gastronomia e vinho”, lê-se neste mesmo artigo. Cidades e aldeias simpáticas (algumas, convenhamos, urgentes de PDM sadios). A melhor das gastronomias (Qualidade induz quantidade? A CNN propõe “a filling, spicy sausage sandwich hailing from Porto”. Código de Missão: Francesinha). Vinhos robustos, deglutição fácil.
 

Os media internacionais continuam a reconhecer o valor do destino Portugal. O empenho promocional vai colhendo turistas, debatendo-se contra as ventanias da crise. E nós, se afinal nos galanteia a imagem de diversidade do nosso país no exterior, vamos para fora cá dentro?
 

Destaques CNN para aguçar o apetite: “Portugal's most dramatic coastline is along the drive to the medieval town of Lagos. A Moorish castle tops the Lisbon skyline and baroque churches line the streets. The Douro River valley is stepped with some of Europe's oldest vine terraces.”
 

Vai uma escapadela?

 

Cristina Bastos

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:04
Sexta-feira , 22 de Maio DE 2009

MAIS longe


 

Às seis da manhã de hoje, o nosso colega Henrique Ribeiro já estava no avião que liga Luanda ao Huambo. Esperava-o uma grande viagem, a mesma que foi realizada pela equipa da Rádio Mais, que hoje inaugura as suas emissões nesta província.


“A melhor frequência do FM” começou em Luanda, em Novembro do ano passado, com uma linguagem urbana e uma programação diversificada e moderna, numa abordagem de produção radiofónica pioneira em Angola. Agora, a Rádio Mais, do grupo Medianova, estende-se à província do Huambo com uma programação própria, dirigida ao público regional. Chega assim MAIS longe, aliás como tem acontecido com o sector dos Media em Angola, de uma forma geral. Que privilégio para nós, viver momentos como este! Estar no terreno e ver como tão rapidamente se desenvolve o panorama mediático de um país. Em que outro sítio do Mundo poderíamos trabalhar num mercado assim, onde tão depressa surgem novos jornais, televisões, rádios? Ainda para mais, em português. Bom, na verdade a Rádio Mais no Huambo vai ter noticiários em “Umbundo”… Explicadores de “Umbundo” por aí, alguém?
 

Ana Martins

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 12:48
Quarta-feira , 13 de Maio DE 2009

Ouvido no elevador


 

“Agora passam a desculpar-se assim: não posso fazer nada porque já tenho a edição agrafada”. 

tags:
publicado por Lugares Mesmo Comuns às 17:22
Quarta-feira , 22 de Abril DE 2009

Receita de Comunicação



Ingredientes:


•    1 cliente com um espaço magnífico
•    1 companhia de teatro com um texto inédito

Modo de preparação:

•    Proponha ao cliente a realização de uma peça de teatro no seu espaço.
•    Proponha à companhia de teatro um espaço de características únicas, ideais para a apresentação de uma peça em moldes inovadores.
•    Promova uma reunião entre o cliente e a companhia de teatro para que se conheçam.
•    Deixe cozinhar durante umas semanas.
•    Uma vez pronto comece a trabalhar na mediatização da peça
•    Sirva a todos os meios.

Resultado:

•    Uma peça de ampla divulgação em rádio, imprensa e televisão, com amplo destaque para o cliente.
•    Para ver entre 21 de Abril e 17 de Maio, no Parque Marina Terra, na Marina de Cascais.


António Carvalho
 

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 16:45

De espectador a actor principal

A crise e o perfil das novas gerações estão a mudar a forma de pensar e de comunicar nos media.  Diz-nos a Omnicom que, na área da publicidade, “o consumidor vai deixar de ser espectador para se tornar no principal agente de mudança” (in Diário Económico, hoje). Mais experiências e menos informação é o que nos espera, cada vez menos nos meios convencionais, cada vez mais no digital.

Carla Bulhões

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 16:44

arquivo

subscrever feeds

tags