Sexta-feira , 16 de Julho DE 2010

Dois episódios (3)

De: Armando Salvado

Enviada: terça-feira, 13 de Julho de 2010 17:07
Para: 'Rui Oliveira Marques'
Assunto: Editorial Meios

 

Caro Rui Oliveira Marques

 

Tive hoje a oportunidade de ler o teu editorial da última edição da “Meios & Publicidade”.

 

Deixa-me que te manifeste a minha estupefacção relativamente ao tema «campanha da CARRIS».

 

Pensei que o assunto tivesse ficado esclarecido na altura, Março deste ano. Pelos vistos não ficou.

 

Volto a reforçar o que te disse na altura:

 

1. A CARRIS não tomou qualquer posição pró-activa na comunicação deste concurso;

2. Quando me enviaste as questões relativas a este processo passei, desde logo, as mesmas ao meu cliente. Assim que obtive as respostas, do Director de Marketing e Comunicação da CARRIS enviei-as ao teu cuidado;

3. A revista “Briefing” tomou igualmente conhecimento deste concurso e solicitou-me informação sobre o mesmo. Nessa altura limitei-me a aconselhar o meu cliente a preparar um Comunicado de Imprensa para responder a outras solicitações que pudessem ocorrer de outros meios. Foi o que foi feito;

4. A LPM, na minha pessoa, limitou-se apenas a responder a duas solicitações, no teu caso com respostas directas do Director de Marketing e Comunicação da CARRIS, no caso da Briefing mediante um pequeno texto que foi enviado para a redacção;

5. Nunca nas nossas conversas falámos em “exclusivo” e/ou “primeira-mão”.

 

Julgo que não faz sentido explicar que o universo da comunicação social, neste caso especializada, vive num regime de concorrência. Mais uma vez repito, limitei-me a responder a duas solicitações.

 

Posto isto, creio que seria apropriado na próxima edição impressa da “Meios & Publicidade” considerares a publicação do conteúdo deste meu e-mail, sem prejuízo de vir a dar publicidade ao mesmo no blogue dos colaboradores da LPM.

 

Armando Salvado

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:48

Dois episódios (2)

De: Isabel Bessa 
Enviada: terça-feira, 13 de Julho de 2010 16:11
Para: 'Rui Oliveira Marques'
Assunto: Editorial 9 Julho

 

Olá Rui,

Espero que esteja tudo bem consigo.

Rui, confesso que fiquei muitíssimo surpreendida com o seu editorial da semana passada, nomeadamente no parágrafo em que se refere à negociação da notícia sobre o rebranding do azeite condestável. E fiquei surpreendida porque logo na altura em que isto aconteceu pedi de imediato desculpa ao Pedro Durães pela situação e expliquei-lhe que era algo que de facto me havia ultrapassado. Não sei se teve conhecimento desse pedido de desculpas, pelo que tomo a liberdade de o reencaminhar, pode verificar em baixo.

Dado que ao longo destes anos já contactei convosco/consigo inúmeras vezes, o Rui sabe com certeza que jamais negoceio primeiras mãos sem cumprir o proposto, foi coisa que aliás nunca aconteceu;  custou-me por isso ver no seu editorial uma quase insinuação de má fé da minha parte, coisa que obviamente não aconteceu. Tratou-se apenas de uma infeliz falha de comunicação.

Por essa falha, apresento-lhe também a si as minhas desculpas, agradecendo-lhe que dê conta da minha correspondência aos leitores da Meios, dando-me também a possibilidade de a publicar no LPM - Lugares Mesmo Comuns.

 

Obrigada,

 

Isabel Pinto Bessa

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:36

Dois episódios

Na LPM valorizamos a Comunicação e respeitamos os Media.

 

Na edição da passada semana, a Meios – que muito respeitamos – criticou dois episódios do nosso trabalho.

 

Trata-se de dois episódios de um quotidiano intenso e extenso de Assessoria Mediática. Num dos casos, julgamos que o nosso procedimento foi correcto e no outro detectamos uma falha de Comunicação, da qual, aliás, nos penitenciámos.

 

Julgamos que foi desproporcionado partir destes episódios para as considerações do editorial da Meios. Mas, não estamos aqui para julgar os jornalistas. Estamos aqui para trabalhar com eles. Ponto final.

 

 

Sandra Silva

publicado por Lugares Mesmo Comuns às 15:31

arquivo

subscrever feeds

tags